Travessias
Acessibilidade A+ A- C

Mais de 138 mil veículos são esperados nas travessias litorâneas operadas pela DERSA no feriado de Ano Novo

O sistema terá reforço de embarcações nas linhas mais procuradas, como Santos/Guarujá e São Sebastião/Ilhabela

O sistema terá reforço de embarcações nas linhas mais procuradas, como Santos/Guarujá e São Sebastião/Ilhabela

Na ligação Santos/Guarujá, sete embarcações estarão à disposição dos cerca de 100 mil veículos que deverão circular nos dois sentidos.

No litoral Norte, são aguardados cerca de 19.700 veículos na travessia São Sebastião/Ilhabela que serão atendidos por cinco balsas.

A linha Guarujá/Bertioga terá duas balsas para o transporte de cerca de 6.200 veículos.

Já na travessia de Iguape/Juréia, no litoral sul, serão duas embarcações para cerca de 5.100 veículos.

Na travessia Cananéia/Ilha Comprida, a estimativa é de 6.200 veículos, que serão atendidos por duas embarcações.

Em Cananéia/Continente, a linha com menor movimento, a previsão é de 1.750 veículos, que serão transportados em uma balsa.

Disque Balsa - Hora marcada

O usuário pode programar sua viagem e o melhor horário para as balsas, através do Serviço de Hora Marcada, que para maior comodidade e otimização dos espaços disponíveis, é acessado pela Internet, durante 24h.

Para fazer a reserva, basta clicar no menu Travessias/Hora Marcada e abrir a página onde estão todas as explicações para usar o sistema.

O agendamento das viagens deve ser feito com antecedência de no mínimo 12 horas e máximo de 60 dias, bastando informar as características do veículo, data e horário de preferência e CPF/CNPJ.

Somente será aceito cartão de crédito como forma de pagamento (Visa, Mastercard e Diners Club).

Para saber mais, clique aqui.

Informações sobre o sistema operacional das travessias como número de embarcações em operação, tempo de espera e condições meteorológicas, poderão ser obtidas por meio do 0800 77 33 711 ou clique aqui para conferir a situação de momento, com imagens atualizadas a cada 30 segundos pelo sistema de monitoramento por câmeras da DERSA
.