Sustentabilidade
Acessibilidade A+ A- C

Economizar é possível - Dersa reduz consumo de água em 16,5 % em 2014 em relação a 2013

Uma série de campanhas internas no prédio da DERSA, resultou na redução de 16,5% no consumo de água

Diminuição equivale a dois meses de consumo

São Paulo, 6 de março de 2015 - Uma série de campanhas internas de racionalização do uso de água no prédio da DERSA, em São Paulo, promovida pelos funcionários da Companhia, resultou na redução de 16,5% no consumo de água da empresa entre 2013 e 2014. No ano passado, a companhia utilizou 5.171 litros de água, 1.024 litros a menos que em 2013, equivalente a dois meses de consumo.

Desde março de 2014, diversas práticas têm sido adotadas a fim de evitar o desperdício no prédio, tais como vistoria diária contra vazamentos, utilização de água de reuso, diminuição da vazão das torneiras e controle da limpeza no prédio. Em outubro do mesmo ano, a empresa lançou o selo "Guardião do Planeta: Gente Consciente", com o intuito de incentivar os colaboradores a trazerem para a empresa os hábitos que vêm praticando em suas casas. Atitudes simples, como apertar a descarga por menos tempo - os sanitários respondem por 90% do gasto - usar um copo com água na hora de escovar os dentes, manter o banheiro limpo para evitar lavagens extras, parecem não fazer diferença, mas geram um grande resultado quando recebem o comprometimento de todos. Diariamente, cartazes são alocados nos meios de comunicação internos da empresa e emails marketing são disparados com mensagens de cunho educativo.

A DERSA trabalha também para estender campanha a seus empreendimentos. O Rodoanel Norte, maior obra viária em andamento, e a Nova Tamoios Contornos já iniciaram suas ações. A água está sendo reutilizada nos processos produtivos de fabricação de concreto e para umidificação dos caminhos de serviço que passam dentro dos bairros próximo às obras.

A campanha foi realizada durante o ano de 2014 e segue em 2015 com objetivo de economizar ainda mais e conscientizar os funcionários da importância do reaproveitamento da água, não só na empresa, mas em casa.  Em 2015, ela se estende para além do o uso racional da água, abordando também o uso racional da energia elétrica e a diminuição do consumo de lixo no prédio.